sábado, 5 de março de 2011

O GRANDE TRUQUE



Século XIX, Londres. Robert Angier e Alfred Borden se conheceram há muitos anos, desde que eram mágicos iniciantes. Desde então eles viveram competindo entre si, o que fez com que a amizade com o passar dos anos se transformasse em uma grande rivalidade. Quando Alfred apresentou uma mágica revolucionária, Robert ficou obcecado em descobrir, a qualquer custo, como ele conseguia realizá-la. Se necessário matar, ele o faria para descobrir. E por isso, atrocidades são feitas às escondidas, enquanto espetáculos são apresentados ao público.

Esta é a sinopse de um filme chamado “O grande truque”.  Recomendo esse filme. Muito inteligente.

Da mesma forma que o mágico nos ilude para acreditarmos que o que ele fez é realmente uma mágica, existe na vida real um ilusionista. A bíblia diz que ele cega o entendimento das pessoas para que não enxerguem a verdade, ele sempre age às escondidas. Não é de se admirar que a vida muitas vezes nos apresenta situações mascaradas, enganosas, em que não conseguimos entender o porquê das coisas.

Mas a Bíblia é clara em nos advertir em Efésios 5:11 “Não participem das obras infrutíferas das trevas; antes, exponham-nas à luz.” É inútil tentar mascarar fatos, realidades ou apresentar um espetáculo ao mundo, se a vida por trás estiver podre, porque há uma verdade certa escrita em Lucas 8:17: “Porque não há nada oculto que não venha a ser revelado, e nada escondido que não venha a ser conhecido e trazido à luz” e Lucas 11:35: “Portanto, cuidado para que a luz que está em seu interior não sejam trevas.” E I João 1:6: “Se afirmarmos que temos comunhão com ele, mas andamos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade.”

Deus nos chamou para vivermos na luz. Em I Pedro 2:9 está escrito: “Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.

Jesus disse em João 12:46: “Eu vim ao mundo como luz, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas” e em Mateus 5:16: “Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus.

O sonho de Deus para nós é vivermos na luz e termos nele a capacidade de não sermos enganados pelos grandes truques do engano. Por isso, Paulo diz para não nos associarmos às obras infrutíferas das trevas em II Coríntios 6:14 “que comunhão pode ter a luz com as trevas?” e depois em Efésios 6:12: “pois a nossa luta não é contra seres humanos mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.” Romanos 13:13: “Comportemo-nos com decência, como quem age à luz do dia, não em orgias e bebedeiras, não em imoralidade sexual e depravação, não em desavença e inveja.

Os “grandes truques” estão acontecendo a todo momento ao nosso redor. Peça a Deus, assim como eu estou pedindo, para deixá-lo sempre com os olhos bem abertos e ter discernimento para distinguir a verdade do engano.

Confie sempre em Deus pois Ele o ama, e se você o buscar de todo o coração, com todas as suas forças e com todo o seu entendimento, tudo que está escondido será trazido às claras.

Glória a Deus, pois há muito tempo Ele começou o mundo dizendo: "Haja luz!" E houve luz.

Débora

“Ensina-nos a contar os nossos dias para que alcancemos corações sábios” Salmo 90:12

Nenhum comentário:

Postar um comentário